quarta-feira, 15 de abril de 2015

Homossexualidade e Bissexualidade

Olá a todos! :)
Well, como disse há algum tempo eu queria começar a publicar coisas um pouco diferentes do usual, comecei com algumas imagens e depois fiz a minha primeira publicação, A Primeira Vez.
Já não é a primeira vez que escrevo sobre este tema, mas acho que o primeiro post foi pouco explorado, neste post eu queria aprofundar um pouco mais o tema, com base em pesquisas e whatever. Não vou falar sobre a heterossexualidade porque julgo haver muito mais informação sobre esta orientação sexual que não há para a homo e a bissexualidade.

Ser homossexual


Bem, para começar... Ser homossexual é uma pessoa ter a capacidade de amar ou sentir-se atraída por alguém do mesmo sexo.
Segundo algumas pesquisas que fiz, um homossexual comporta-se de duas maneiras distintas: sendo passivo ou ativo.
No caso das raparigas:
- Uma rapariga que se comporte de forma passiva, é uma rapariga que, durante a relação sexual, apenas recebe carinho e assim.
- Já uma rapariga que se comporte de forma ativa, é basicamente, aquela que toma iniciativa e que (segundo o que li) "faz o trabalho todo"
No caso dos rapazes, já é um pouco diferente:
- Um rapaz que seja passivo, é um rapaz que (desculpem a expressão, mas...) "dá o rabo".
- E um rapaz que seja ativo é aquele que "come"
É óbvio que depois há aquelas pessoas que tanto podem ser passivas como ativas, dependendo, muitas vezes, do/a parceiro/a.



Ser bissexual



Normalmente, uma pessoa é bi(ssexual) quando esta demonstra desejo e atração pelos dois sexos, ou seja, por pessoas do mesmo sexo e do sexo oposto.
Em termos físicos um bi pode ser (tal como um homo) passivo ou ativo, não vou explicar outra vez.
Em relação à parte psicológica, uma pessoa pode ter preferência por um dos sexos ou então sentir-se atraído do mesmo modo, sem notar diferença, pelos dois sexos.
- Ser bi com preferência gay é quando um rapaz sente maior desejo/atração por outro rapaz.
- Ser bi com preferência lésbica é quando uma rapariga sente maior desejo/atração por outra rapariga.
- Ser bi sem preferência é quando independentemente de ser rapaz ou rapariga, a pessoa sente desejo/atração com a mesma intensidade por ambos os sexos.

Qual a tua opinião sobre a homo e a bissexualidade?




Como já disse aqui, o que interessa é serem felizes. Que me importa a mim se és gay, bi, lésbica ou hetero? O que define uma pessoa é o seu caráter e não a sua orientação sexual!  A homossexualidade e a bissexualidade sempre existiram porém são orientações muito criticadas pela sociedade, modelada em grande parte pela igreja, que leva, por vezes, a pessoas destas orientações sexuais a sentirem-se culpadas. Mas, na minha opinião, essas pessoas não têm que se sentir culpadas, elas não escolheram ter esta orientação, portanto sejam felizes e tentem ignorar ao máximo as bocas da sociedade.

O que leva alguém a pensar ser homossexual/bissexual? Qual a reação que se pode esperar dessas pessoas?

Talvez um dos fatores que contribua para o facto de alguém começar a pensar que é homossexual, é talvez, começarem a descobrir o desejo que sentem em relação a pessoas do mesmo sexo ou pelos dois sexos, no caso da bissexualidade. É claro que isto por vezes (acho que) pode ser confuso. Porque todos nós passamos por aquela fase de começarmos a descobrir a sexualidade, mais ou menos por volta dos 13 anos, e acredito que muita gente possa ter dúvidas no inicio.
Em relação á reação da pessoa, penso que depende, essencialmente, do tipo de educação e do modo como a família possa pensar relativamente à bi e à homossexualidade. Mas acho que mesmo aqueles que são super abertos em relação ao tema, no início se descobrirem que são homossexuais/bissexuais, apesar de poderem não sofrer com isto, passam sempre por aquela fase da negação, também existem mesmo pessoas que começam a sentir nojo delas próprias, bem acho que o primeiro passo deve ser tentar corrigir essa atitude. Depois... A aceitação, às vezes, vem um pouco mais tarde. Mas acho que devem sempre confiar num amigo ou procurar alguém e falar abertamente sobre o que se passa, apesar de acreditar que seja difícil, ajuda sempre.
Não acho que seja um bicho de sete cabeças ser gay/lésbica ou bi, não ponho sequer em causa as pessoas sentirem vergonha, acreditem em mim, não é vergonha! Vergonha é ter preconceito. Mas como disse no início, o tempo de aceitação depende  muito do tipo de educação da família onde cresceram e ser assumido depende ainda mais da sociedade.



Existem diferenças entre as reações á homossexualidade e á bissexualidade?

Penso que a forma como se lida com a bissexualidade é parecida á forma como se encara a homossexualidade. Por vezes mais fácil, mas outras vezes mais confuso. 
Quando descobrem há sempre aqueles "porquês", a dificuldade em aceitarem-se exatamente como são e assumirem-se sem medos. Parece fácil mas acredito que seja bastante complicado lidar com isto, principalmente se a família de onde vem for "antiquada". 
Depois temos uma sociedade de merda (desculpem o termo, mas é a realidade), grande parte das pessoas considera isto tabu, apesar de a homo e a bissexualidade sempre terem existido, o que também não ajuda nada.

Mas como se deve, afinal, lidar com "isto"?


Bem, acho que o primeiro passo é corrigir qualquer tipo ser opinião negativa que se possa ter em relação ao tema, em seguida vem a aceitação... Não te preocupes se tens uma orientação sexual "diferente", considera-te antes especial, afinal não é toda a gente que tem a capacidade de sentir desejo e prazer com os dois sexos... Não deixas de ser normal só porque os teus gostos diferem dos dos outros, todos nós somos humanos e todos nós temos a capacidade de viver diferentes emoções, tens o direito de ser tão  feliz quanto  os heterossexuais.
Penso que deves sempre contar a alguém, pode ser o/a teu/tua melhor amigo/a, podes procurar alguém com quem possas falar abertamente sobre estes assuntos, mas nunca guardes para só para ti, é muito melhor se tiveres o apoio de outra pessoa, mesmo que ao inicio pareça difícil falar sobre o tema. 
Se precisarem de ajuda visitem o blog Born This Way, é de um rapaz que eu conheço, ele é bissexual e partilha a sua experiência, acho que se estiverem a passar por isto e sentirem dificuldades ele vos pode ajudar. De qualquer das maneiras, se precisarem de conselhos, não hesitem em contactar-me!!

Alguma conselho? Porque decidiste escrever sobre isto?


Well... Conselhos? Acho que falei um pouco de tudo ao longo do texto, não tenho grande coisa a acrescentar, mas reforço: nunca guardem só para vocês, acredito que possa ser muito complicado contar a alguém, mas pode ser também muito difícil não partilharem com ninguém. Dou-me bem com um rapaz bissexual, ele diz que demorou cerca de 3 meses para se assumir, pois tinha medo da minha reação, mas ele agora fala que foi a melhor coisa que fez e que, agora sim, se sente mesmo bem! Portanto falem, conversem, digam o que sentem. 
Um outro conselho que tenho é, USA SEMPRE PRESERVATIVO, ao teres relações com pessoas do mesmo sexo pode-se não correr o risco de engarvidar, mas está-se sempre exposto ás DST's (Doenças Sexualmente Transmissíveis) independentemente do sexo da outra pessoa.
Agora, o porquê de ter decidido escrever sobre o assunto, foram duas simples razões, a primeira é que eu já há algum tempo que queria fazer um post assim do género, a segunda razão foi o facto de ter recebido um mail de uma rapariga de diz ter 14 anos e estar a sentir-se confusa quanto á sua orientação sexual, portanto aproveitei a deixa.
Se queres a minha opinião sincera, eu acho normal estares com essas dúvidas todas, pois estás na idade de começar a aprofundar o que é a sexualidade, começas a descobrir novas emoções, novos desejos... O facto de teres namorado e gostares dele, não quer dizer que não possas começar a sentir atração por raparigas, bem acho que o que pode estar a acontecer é que estás a descobrir ou uma nova orientação sexual (a bissexualidade, na minha opinião) ou então podes estar apenas confusa, mas olha aconselho-te a visitares o blog que falei mais acima, acho que te poderá ajudar melhor que eu, mas de qualquer das maneiras espero ter-te conseguido ajudar, minimamente.


Espero que tenham gostado e até ao próximo post! :)

segunda-feira, 13 de abril de 2015

#ForPaul


“I used to say I live my life a quarter mile at a time and I think that’s why we were brothers - because you did, too. No matter where you are, whether it’s a quarter mile away or half way across the world. You’ll always be with me… And you’ll always be my brother.”
 - Dominic Toretto para Brian O’Connor, mas na verdade, Vin Diesel para Paul Walker.

Cinema #Fast&Furious7

"I don't have friends, I have family!"
- Dom Toretto, Velocidade Furiosa 7


Olá :)
Sei que já faz algum tempo que não posto nada, mas eu queria que este post fosse uma opinião pessoal, por isso decidi esperar.
No sábado fui ver, ao cinema, o novo Velocidade Furiosa 7! Amei o filme, desde que me lembro que vejo os filmes da saga, mas este foi aquele que mais me tocou, talvez porque, mais do que nunca, este fala especialmente da importância da família e dos amigos, independentemente da distância, independentemente dos obstáculos...
É mais do que um simples filme... É uma homenagem ao Paul Walker! Foi perfeito! E o filme está muito bem organizado (aliás como todos os outros da saga), tem ação, velocidade, fúria, tem tudo!  É um filme muito intenso, cheio de emoções... Mas, chegado o fim, deparamos-nos como uma das mais lindas homenagem algum dia feita (na minha opinião), eu admito, emocionei-me, não consegui segurar as lágrimas, chorei... 

O que me fez chorar?

A música, as imagens, o que o Vin Diesel (no filme, Dom Toretto) falou sobre Paul Walker (Brian O'Connor), a homenagem em si toca-nos no coração, pois aquelas ultimas palavras do filme, eram reais, transmitiam-nos isso, aquelas palavras não eram só ficção... Eram sentimentos! 
Comecei a emocionar-me a partir do momento em que Dom observa a felicidade de Brian e diz "Nunca é uma despedida!", depois começa a música, começa a homenagem... Vin Diesel fala do quão importante era Paul para ele, diz que não interessa a distância a que se encontram, Paul estará sempre com ele e será sempre o seu irmão! Isto tudo ao mesmo tempo que vão passando algumas imagens dos outros filmes. Depois a letra da música See You Again também toca qualquer um...

Aconselho mesmo, se tiverem oportunidade, a verem o filme! É fantástico, é de uma intensidade excecional,  sendo complementado com a homenagem perfeita, e repito PERFEITA, a Paul Walker!

"It's been a long day, without you my friend
And I'll tell you all about it when I see you again"
#ForPaul

domingo, 5 de abril de 2015

ღ Dedicatória: Ele ღ


Por onde começar? Sempre me disseram que devíamos de começar pelo inicio, mas como posso eu contar o inicio, se a nossa história começou á relativamente pouco tempo?
Bem, tentando... Já nos conhecemos faz uns aninhos, nunca nos demos mal, sempre fomos minimamente amigos.
Em 2012 aproximamos-nos e desde aí que nos temos aproximado cada vez mais, nunca tinha tido uma amizade como a nossa. Mas sabes tão bem quanto eu que em 2014 as coisas mudaram, os meus sentimentos por ti mudaram... Apaixonei-me... Eu não queria, juro! Mas sabes que não podemos escolher estas coisas.
Tinha um medo terrível que descobrisses e que te afastasses por causa disso... Tentei esconder, tu bem sabes, mas parece que não consegui disfarçar o suficiente, este sentimento era (e é) tão forte, impossível de esconder! Mas afinal o meu medo realizou-se e não se realizou... Aposto que estás confuso. Bem, eu esclareço-te... Tu descobriste, mas não te afastaste! Ainda hoje, ás vezes falo do que sinto por ti... Contigo! Sabes que, para mim, é estranho mas tu dizes para eu não me preocupar e eu aí relaxo um pouco mais.
Odeio quando me provocas, quando me deixas nervosa e assustada! E tu sabes disso, mas mesmo assim continuas... Gosto quando me fazes rir. Amo quando me lanças aquele sorrizinho, quando me lanças aquele olhar.
Pensei que fosse ter saudades do antigamente da nossa amizade, mas não tenho, adoro o ponto em que estamos. Sabes bem que gostava que fossemos um pouco mais do que simples amigos, mas sei bem que isso (talvez) não resultasse, sempre foste sincero e isso é uma das características que eu mais admiro em ti... Mas também sabes bem que prefiro manter esta nossa amizade do que estragar tudo com um namoro falhado.
O brilho teu olhar negro enche-me o coração, a tua maneira de ser faz-me apaixonar novamente a cada dia que passa, não tenho palavras para me expressar, não tenho atos que falem tão alto o quão especial és. Já não consigo imaginar a minha vida sem ti!
♥ Amo-te! 

★ Happy Easter ★


Happy Easter!
Boa Páscoa! 

Não comam muitas amêndoas!!! ahahahah xD

sábado, 4 de abril de 2015

ღ Dedicatória: Z. ღ


Lembras-te como nos conhecemos? Já vai para 9 anos, foi na natação. (Remember?)
Se ficámos logo amigos? Para ser sincera já não me lembro (sorry :c), mas sei que sempre nos demos bem.
Em 2013 descobriste o meu blog, descobriste o que se passava comigo... Desde aí que nos fomos aproximando, ajudaste-me imenso. Estiveste sempre lá e ainda estás! Nunca na vida te vou conseguir agradecer tudo o que fazes por mim, todos aqueles momentos que me proporcionas. Como em todas amizades temos altos e baixos mas juntos conseguimos ultrapassar sempre tudo!
És das melhores pessoas que já conheci, conheces-me tão bem, ás vezes basta um simples olhar e percebes o meu estado de espirito, se o contrário acontece? Sabes bem que sim! Apesar de por vezes o negares, sabes bem que eu tenho razão quando te digo "andas estranho"... Amo as nossas conversas e adoro provocar-te. Odeio quando me fazes ficar assustada, ás vezes, por coisas mesmo parvas!!!! Mas estás sempre lá quando preciso, apoias-me nos bons e maus momentos. Com um simples olhar percebemos o sentido das palavras. És aquele doido que me atura (eu também te aturo está?) e que me faz rir. 
Desde que reentraste na minha vida que aprendi mais sobre moda e que comecei a prestar mais atenção àquelas marcas que tu bem sabes, nunca fui muito ligada a isso mas tu mandaste-me para um mundo (meio) diferente.
Não tenho palavras para descrever tudo aquilo que és para mim e o quão especial és... Não consigo expressar o significado que tens na minha vida. És o meu Melhor Amigo e completas o meu mundo, o meu coração! Amo-te por tudo aquilo que és!! 
Amo-te Melhor Amigo!!! ♥♥♥ 

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Sem Sentido


"Há dias em que acordas e não sabes porque vives, porque existes...
Perguntas-te mesmo se vale a pena continuares...
Parece que cada passo que dás, cada sonho que idealizas, te desilude mais e mais...
Chega a uma altura que já não aguentas, já não tens forças para nada, não tens paciência para ninguém, não aguentas sequer ouvir um "não" que desatas a chorar, rebentas completamente...
Tudo te faz confusão, tudo te magoa, tudo te choca, tudo te desilude, tudo te irrita, tudo parece não ter fim... E acabas por chegar à conclusão que tudo te acontece a ti!
Há dias em que nada faz sentido, há dias em que tudo parece absurdo e sombrio...
Há dias que tu sem quereres não consegues sequer esconder a tua tristeza, o teu desapontamento com algo que seja...
É incrível também, como um dia tudo pode parecer mais calmo e horas depois vês que afinal, apenas consistia numa página da tua vida, fora do contexto...
Há dias em que o mundo te cai aos pés e tu ficas à deriva sem saber o que fazer... Só te apetece fugir, desaparecer do planeta e não voltar mais...
Há dias em que só queres chorar agarrada ao teu peluche preferido a pensar na tua vida e numa maneira de mudares as coisas...
De dares a volta por cima...
Mas é tão difícil, torna-se impossível aos teus olhos e às tuas forças que com o passar do tempo vão diminuindo...
Há dias em que as promessas que te fizeram não fazem qualquer sentido, porque parece que perderam a importância...
Parece que foram falhadas e ninguém se justificou...
Há dias em que precisas daquela pessoa mas ela não está...
Precisas de um abraço, mas não o tens...
Precisas de uma certeza e não a ouves!
É nestes dias em que te fazes mil e uma perguntas, que sabes que tens de lutar e seguir em frente porque um dia...
Um dia, tudo há-de melhor e a vida te vai sorrir..."

Novo layout

Oii!
Bem acho que já todos repararam que o blog voltou a mudar de visual, mas epah, já estava muito cansada daquele layout... Cheguei á conclusão de que era demasiado carregado, apesar de gostar da imagem que tinha colocado, mas era um pouco, sei lá, nem sei definir, ao inicio amei o estilo, as cores tudo! Agora, I don't know, apenas me cansei...
Acho até que este novo layout tem mais a ver comigo, não sei, está simples, com tons claros, apesar de não ter despendido do verde e da barra lateral (obvio, não? -.-), digamos que queria mudar o blog por completo, mas ao mesmo tempo deixar alguns itens do look antigo, não me perguntem...
Bem, o porquê das cores? Não sei bem, queria tons que transmitissem assim tranquilidade, tons neutros mas não queria despender da cor por completo, por isso o fundo ser branco sujo (cinza claro :P) e manter os titulos e assim em verde. Verde pela mesma razão que vos falei quando mudei da ultima vez, é a cor da esperança.
Well, não sei o que mais possa dizer sobre este novo layout, mudei o fundo, as cores, as dimensões, o "player", alterei um pouco a lista de músicas e adicionei um menu.
Espero que tenham gostado!!! :)*